Notícias

MPT:Empresa de telemarketing firma TAC sobre assédio moral

Data: 03/07/2018

Porto Alegre – A Adobe Assessoria, empresa terceirizada do ramo de telemarketing, firmou termo de ajuste de conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho (MPT) no Rio Grande do Sul, comprometendo-se a combater o assédio moral e a regularizar pagamento de horas extras e registro de ponto, sob pena de multa de R$ 2.500 por trabalhador prejudicado.

O TAC vale para todas as 56 unidades da empresa no Rio Grande do Sul e resulta de inquérito civil, conduzido pelo procurador do MPT em Porto Alegre Bernardo Mata Schuch. A empresa tem cerca de 1.000 lojas no país. Apenas no estado, emprega cerca de 150 pessoas.

Além de combater o assédio moral vertical, praticado por superiores hierárquicos, a empresa deve combater o assédio moral organizacional, consistente em cobranças excessivas para o atingimento de metas. A Adobe também deve divulgar o TAC a seus empregados, sob pena de multa de R$ 20 mil. Também pagará R$ 50 mil a título de danos morais coletivos, a serem revertidos a entidades e projetos beneficentes.

A investigação sobre as irregularidades foi iniciada com denúncias sigilosas ao MPT. A empresa deve apresentar, a cada dois meses, comprovação das medidas tomadas após a assinatura do TAC.

Copyright © 2006-2013 JEMPE. Todos os direitos reservados.
Projeto Gráfico: Claren Design